Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

21 A 25 DE JUNHO DE 2021


25 de junho de 2021 - 11h41

Nunca tinha participado do festival, sempre acreditei que fosse uma grande festa de egos, pelo menos era assim que eu ouvia pelos cantos. Esse ano foi diferente, é sobre a real criatividade em momento de crise. Posso garantir que foi curioso, pra não dizer intrigante, entender como o mercado tem digerido uma pandemia e buscado a famigerada inovação na crise. As narrativas têm adotado mais humanidade, ou melhor, empatia em meio a grande e barulhenta feira de mangaio.

Gosto de dizer que o comportamento evolui, muda, cresce, se modifica, mas tenho assistido o renascimento do indivíduo, agora mais sensível, emocionado e consciente. A WGSN abordou o consumidor do futuro, mas não pense a longo prazo, estamos falando dos próximos dois anos mesmo. Rápido demais? Talvez, o combustível pandemia acelerou 2030 em 2021.

A ideia de consumo consciente está cada vez mais próxima, e isso reflete numa redefinição do consumo global, assim como as relações entre consumidor e marca. A busca e entendimento por uma cadeia de suprimentos ética é o novo atributo estrutural que o consumidor vai buscar. A diversidade na narrativa e no speech comercial já começa a envelhecer. A busca por produtos transculturais é o verdadeiro impulsionador da causa.

O home office forçado trouxe profunda necessidade de se reconectar com nossas emoções. Esse movimento motivou a fuga dos centros urbanos para locais de maior conexão com a natureza. O isolamento nos fez refletir, tanto que criou uma categoria de consumidores que buscam momentos altamente sensoriais. E claramente isso reflete em consumo.

Ou seja, meu querido amigo, expandir a mente e respeitar a mudança será o segredo para repensar as estratégias das marcas. Refletir sobre o que mudou, respeitando aquilo que ficou, tornará os pensadores corporativos mais empáticos ao longo e doloroso período pandêmico vivido por diferentes pessoas, em momentos distintos e que geraram as mais curiosas experiências humanas.

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio