Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

21 A 25 DE JUNHO DE 2021

A balança de Cannes

Depois de um longo e forçado detox, o festival chega mais leve e prometendo se livrar de seus velhos vícios


12 de junho de 2018 - 16h11

A septuagésima quinta edição do maior festival de criatividade do mundo volta este ano com um corpinho mais esguio e saudável. Depois da decisão por parte do grupo Publicis de tirar um ano sabático longe do Palais, o festival se viu forçado a rever seus velhos hábitos – a começar pelo apetite.

Medidas como a redução dos dias do festival, corte nos valores dos passes em todas as categorias e pacotes menos exorbitantes de hospedagem e alimentação mostram o comprometimento com a nova linha fitness do festival, que se esforça para parecer menos com umas férias de resort e mais como uma viagem de negócios.

Enquanto o velho festival passa por uma dieta forçada, o Lions Health – agora em sua quinta edição – chega esbanjando saúde e vitalidade com um novo recorde de inscrições e figurando novamente como uma das categorias mais cobiçadas. Puxando o crescimento, estão as grandes agências de healthcare mundo afora, que crescem na mesma proporção que o festival e que conseguem aliciar muitos dos melhores profissionais do mercado.

Não tenho dúvidas de que este será um festival diferente. O sonho do leão continua vivo e, com as novas regras, ele parece ainda mais difícil, o que sempre foi a premissa do próprio festival. Mas talvez este seja o ano de cumprirmos a promessa e largarmos de vez os paninis frios do trailer e a cerveja morna do Martinez. Veremos.

Publicidade

Compartilhe

Patrocínio