Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

18 A 22 DE JUNHO DE 2018 | CANNES - FRANÇA

Será tão bom quanto a primeira vez?

Cannes é uma experiência única. Além de ser organizado, com uma logística muito fácil, ele é repleto de conteúdos em 360 graus


12 de junho de 2018 - 11h38

2017 foi meu primeiro ano no Festival de Cannes e fui sem expectativa para não me desapontar, já que havia lido algumas notícias que falavam sobre a descaracterização de Cannes Lions. Desde a perda da identidade com a inserção de inúmeras categorias; que o Festival virou business e se rendeu para grandes grupos de mídia e até que a ideia e a criatividade não são mais fatores determinantes para ganhar. Fiquei com todas essas informações guardadas, sem tirar nenhuma conclusão precipitada. Afinal, nunca havia vivenciado e não poderia, ainda, dar a minha opinião ou fazer qualquer comparação.

Aqui estou pronto para o segundo ano. E posso dizer que ansioso! Baseio a minha expectativa de Cannes Lions 2018 na minha primeira experiência. Voltei ao Brasil ano passado com a mesma resposta para todos que me perguntavam como foi o Festival: “o melhor evento do mundo”, eu disse. Pode até soar estranho para quem já foi milhares de vezes, mas, para mim, foi algo inesquecível e digno de repetir a dose.

Cannes é uma experiência única. Além de ser organizado, com uma logística muito fácil, ele é repleto de conteúdos em 360 graus. Aonde você vai, tem algo novo para aprender, viver e compartilhar. Seja o network com gente do mundo todo ou palestras e painéis que nos fazem repensar muito a nossa profissão e levar para dentro da nossa agência, novos assuntos e novas tendências. Este ano encaro a fila que for para assistir, Shaquille O’neal – além de ser fã de basquete, irão abordar a importância da fidelização das marcas para a retenção e manutenção dos clientes. Sophia Amoruso, mais conhecida como Girlboss – CEO e diretora criativa da Nasty Gal, que roubava roupas nas lojas e se tornou uma super empreendedora. E, por fim, a palestra de David Droga que deverá ser uma das mais concorridas e irá abrir o Festival com o tema – “I’m not sure I’m right, but who is?

Além disso, que cidade maravilhosa!

Para este ano, vou de peito aberto como fiz em minha primeira vez e ansioso para saber: será que as mudanças propostas e os novos formatos irão agradar? Qual será o discurso da velha guarda desta vez? Será julgada mais criatividade do que efetividade? Cases com geração de valor para a sociedade terão o mesmo peso que o ano passado como os superpremiados “Refugee Nations” e “Fearless Girl”? Eu não sei as respostas. Mas estarei lá para conferir e volto depois com meu parecer de um marinheiro de segunda viagem. Até já.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio