Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

18 A 22 DE JUNHO DE 2018 | CANNES - FRANÇA

O ROI de Cannes

O festival tem uma coisa que vai fazer valer cada centavo gasto na sua estadia na Côte d’Azur


8 de junho de 2018 - 17h13

Muito já se falou, principalmente do ano passado para cá, sobre o custo envolvido em participar do Cannes Lions. Não é pouco. Inscrições de trabalhos – incluindo aí o suor e o tempo dos envolvidos -, passagens, alimentação, hospedagem (tudo evidentemente salgado pela brisa marítima da Riviera), o pass… Os grandes grupos de agências desembolsam milhões todos os anos pra entrar na festa, tanto que um dos maiores acabou se desconvidando para a edição 2018 – juram que em 2019 estão de volta, depois que a organização do festival botou a mão na consciência e enxugou um pouco as coisas. O que poucos conseguem, no meu entendimento, é justificar esse investimento mostrando um resultado no final. Cadê o ROI de Cannes?

Veja bem, não estou querendo questionar o valor do maior festival de criatividade do mundo. Pelo contrário. Como alguém passou mais da metade da vida fazendo contas pra atestar que aquilo que cliente aplicou no trabalho da agência voltara multiplicado, quero contribuir pra mensurar o imensurável. Afinal, não dá, pelo menos ainda, pra colocar na ponta do lápis o retorno de ter contato com o que de melhor está sendo produzido no mundo, de uma reunião com um cliente ou prospect importante, da conversa com seus pares de todos os cantos do planeta e de tantas outras coisas que acontecem no Palais e arredores. Mas então, cadê o ROI?

Olha, quem argumentar que não é preciso ir a Cannes e nem gastar muito dinheiro para ter acesso a praticamente tudo o que aconteceu lá não vai estar errado. O mundo na palma da mão, etc. Mas existe uma coisa que você só terá se estiver lá: tempo. E, olha, no passo que estamos isso só fica mais caro a cada dia. Já explico, mas acho bom dizer logo que “tempo” pode não ser a melhor forma de expressar esse inestimável benefício de Cannes. “Foco”, talvez?

É o seguinte: o melhor benefício de estar em Cannes é estar em Cannes. Não na agência, ocupado como sempre, e prometendo que mais tarde você vai (e não vai): assistir ao vídeo daquele case fantástico / marcar aquele almoço importantíssimo de networking / ler aquele artigo incrível sobre machine learning. Depois de aguentar horas e horas de avião surfando nas mesmas alturas em que se encontra o Euro que você gastou pra chegar lá, te garanto que você vai fazer valer cada centavo de sua estada na Côte d’Azur, até porque é um mergulho do qual não dá fugir. Nas calçadas respira-se criatividade e você só sai de lá sem aprender nada se passar os cinco dias desacordado ou trancado num quarto de hotel incapaz de se desligar um pouco da vida que ficou do outro lado do Atlântico.

E se você for como eu, carregando seu caderninho de um lado pro outro à procura do melhor conteúdo, ao final da viagem vai dar pra fazer umas continhas de cabeça e ver que o ROI de Cannes não tem como mostrar, mas é sempre positivo. E muito.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio