Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

17 A 24 DE JUNHO DE 2017 | CANNES - FRANÇA


24 de junho de 2017 - 10h44

E o festival vai chegando ao final. Um vídeo ganha o GP do maior festival de propaganda..de Idéias! De agencias para anunciantes. A inovação, tecnologia, a mídia e a métrica entre outros fatorei como: investimento x resultado e a solução criativa diferenciada deveriam ser objeto dos jurados.

Mais fundamental a ideia! Mas foi a escolha!

Um festival sem identidade abduzido pelos grandes grupos de mídia. Rendido ao Business, esqueceu o que nos move: a ideia, a criação, a inteligência  e a paixão. Criar e pensar para dizer o comum de forma incomum e surpreendente.

Parto de Cannes triste e com muitas lembranças do que esse festival já foi e de tudo que aprendi nos sete dias que aqui passei em quase 17 anos entre idas, vindas e não vindas. Vivi o melhor que ele pôde ser e nos dar. Ele nos deu importância à criatividade brasileira, relevância a grandes talentos e homenagens mais do que justas como a do Marcello Serpa, no ano passado.

Mas, este ano, o clima estava morno, alguma coisa iria acontecer. Martin Sorrell, CEO do WPP, expressou dúvidas sobre a participação futura das agências do grupo no Festival de Cannes no próximo ano. As agências que integram o Publicis Groupe não irão mais participar de nenhum Festival por pelo menos um ano. O novo chief executive officer Arthur Sadoun proibiu que todas as suas agências, em todo o mundo, inscrevessem trabalhos em premiações ou outros esforços de promoção pagas.

A economia de recursos desse “ano sem festivais” deve ser aplicada em um projeto importante: o desenvolvimento de um programa de assistente equipado com Inteligência Artificial chamado Marcel.

Para Marc Pritchard, Chief Brand Officer da P&G, o movimento da Publicis é literalmente “uma chamada para acordar a organização de Cannes”. Para José Papa, CEO do Cannes Lions, “há muito barulho sobre empresas de tecnologia em Cannes, mas a criatividade está em todos os lugares, como sempre. Aceito, no entanto, o fato de que precisamos fazer mais para ajudar as pessoas a navegarem no Festival”.

Os grandes investimentos em painéis e ações na frente do Palácio do Festival estão com a Roda Gigante do Snapchat com a IBM FilmBrazil e Accenture Interactiva, com o conceito “Connected Creativity”.

Realmente, o festival está na contramão dos novos tempos da nova economia e principalmente distante de seu propósito de valorizar as ideias as agencias e a criação.
Um prêmio a forma, e não a marca nem a idéia.
Mataram o Leão.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio