Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

17 A 24 DE JUNHO DE 2017 | CANNES - FRANÇA


23 de junho de 2017 - 15h12

Que o ser humano, no geral, adora manter o status quo você já sabe. Nossa natureza está em se apegar no que sabemos e temer o desconhecido. Negar o novo é um sistema de defesa conhecido e assim vamos seguindo e torcendo para que o novo não chegue ou demore para chegar.

O problema desse raciocínio é que o mundo está há anos em mudança, que vem se acelerando com o passar do tempo. Diante desse fato, só há uma coisa a fazer: se adaptar.

Cannes vive claramente essa dicotomia entre o estabelecido e o novo há anos. Esse “choque” só aumenta e este ano vi, pela primeira vez, chegar em ponto de ser uma conversa aberta e não de bastidor. A decisão da Publicis de não participar de festivais no próximo ano e as palavras do Martin Sorrel, que o festival precisa mudar para continuar relevante, são exemplos contundentes de líderes da indústria.

Em um mundo completamente alterado pela tecnologia digital, a agenda de discussão e palestras precisa mudar, o que é merecedor de prêmio precisa mudar, as ferramentas e KPis utilizadas para mensurar o sucesso de um trabalho de comunicação precisam mudar e provavelmente o modelo de negócios da sua empresa também.

Charles Darwin morreu em 1882, mas seu ensinamento nunca foi tão contemporâneo: “Não é a espécie mais forte que sobrevive, mas a que melhor se adapta”.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio