Meio&Mensagem

Leões Brasileiros

O Brasil encerrou sua participação na 64ª edição do Festival Internacional de Criatividade de Cannes com 99 troféus, sendo 14 Leões de Ouro, 33 de Prata e 52 de Bronze. Foi a 4ª melhor performance da história, perdendo apenas para os desempenhos recordes de 2014 (116 Leões), 2013 (115) e 2015 (108).

Em Film, o Brasil conquistou apenas um Bronze, com a campanha “Everything in Black & White”, da F/Nazca S&S para a Leica Gallery. Na categoria Film, do Young Lions, a medalha de Ouro ficou com os brasileiros Eduardo Lubiazi, diretor de cena da The Youth, e Luiz Paccillo, redator da CP+B. A dupla fez um trabalho para os organizadores do Grammy, enfrentando questões como dowloads grátis e a pirataria no mundo da música.

Em Integrated, o único Leão conquistado pelo País também foi um Bronze para a DM9DDB, pelo case “Preço na Camisa”, o mesmo que recebeu Leão de Ouro em Direct. Na ação, os jogadores do Fluminense de Feira entraram em campo pela última rodada do Campeonato Baiano com camisas que ao invés dos números usuais estampavam ofertas do Hiper Bompreço, marca da rede Walmart.

Em Print & Publishing, foram 21 Leões (4 Ouros, 7 Pratas e 10 Bronzes), assim distribuídos: AlmapBBDO (2 Ouros, 3 Pratas e 4 Bronzes), Ogilvy (2 Ouros e 1 Prata), Y&R (1 Prata e 2 Bronzes), Talent Marcel (1 Prata e 1 Bronze), JWT (1 Prata) e Africa, F/Nazca S&S e Neogama (1 Bronze cada).

Em Outdoor, o Brasil teve 11 Leões (3 Ouros, 3 Pratas e 5 Bronzes), para AlmapBBDO (2 Ouros, 3 Pratas e 2 Bronzes), Publicis (1 Ouro) e Africa, Ogilvy e Y&R (1 Bronze cada).

Em PR o País alcançou o melhor resultado da história: 10 Leões (5 Pratas e 5 Bronzes). DM9DDB e Grey conquistara 1 Prata e 1 Bronze cada; BETC, Lew’Lara TBWA e Little George tiveram 1 Prata cada; e Africa, AKQA e Publicis, 1 Bronze cada.

Outro boa surpresa foi o primeiro Leão do Brasil em Glass, um Bronze para a campanha “Meninas fortes”, da Ogilvy para Nescau.

Em Direct, foram premiadas a DM9DDB (1 Ouro, 1 Prata e 1 Bronze), a Grey (1 Ouro) e a J. Walter Thompson (1 Bronze).

Em Cyber, a Africa conquistou 1 Leão de Ouro e 2 de Bronze. O Brasil ainda somou 2 Pratas (ambas para a AlmapBBDO) e 2 Bronzes (Grey e Ogilvy).

O País também conquistou Ouro em Mobile, com case da David para Faber-Castell. A DM9 faturou 2 Pratas e 1 Bronze, e a Ogilvy, 1 Bronze.

Nas duas áreas ligadas ao Innovation Lions, as concorrentes brasileiras passaram em branco no Innovation e conquistaram 1 Prata e 1 Bronze em Creative Data, respectivamente para Globo Comunicações e Grey.

Em Media, foram 5 Bronzes (Grey, Neogama, New360, Publicis e Z+). Em Design, o Brasil somou 3 Pratas (2 da FCB e 1 da Grey) e 1 Bronze (NBS). E em Product Design, um Bronze para a Furf.

Em Entertainment, houve 4 Leões para o Brasil, sendo 1 Prata (Africa) e 3 Bronzes (NBS, Nova/SB e Soko). E em Entertainment for Music, 2 Pratas (Havas Life e JWT) e 1 Bronze (Grey).

Em Radio, área cujo júri de 2017 foi presidido pelo brasileiro Mario D’Andrea, CEO da Dentsu e presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap), a Y&R faturou 1 Ouro, a curitibana CCZ Wow ganhou 1 Prata e a Ogilvy, outra Prata. A J. Walter Thompson conquistou três Bronzes. E houve ainda um Bronze para a Dentsu.

Em Digital Craft, a AlmapBBDO ganhou 1 Ouro e Bronze.

Em Pharma, o Brasil conquistou um Leão de Ouro e um de Prata, para Ogilvy, pelo case “VR Vaccine”, desenvolvida para o Laboratório Hermes Pardini.

Em Health & Wellness, houve dois Bronzes para o Brasil: um para a Little George (“Histórias Seguras – Guerreiros da Amazônia”, para Ananse) e AlmapBBDO (“Iris & Thula”, para Pet Mars).

O País conquistou ainda 5 Leões em Promo & Activation (3 Pratas e 2 Bronzes), sendo as Pratas para AlmapBBDO, Aktuellmix e Neogama; e os Bronzes para DM9DDB e Ogilvy.

Além de Innovation, os concorrentes brasileiros ficaram sem prêmios em Titanium, Creative Effectiveness e Film Craft.

Veja o quadro completo de Leões por agência brasileira:
width=964

Patrocínio