Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

21 A 25 DE JUNHO DE 2021

Dupla brasileira é premiada no Young Lions

Gabriel Moniz e Leandro Vasconcellos levaram ouro na competição que premia jovens publicitários

Giovana Oréfice
26 de abril de 2021 - 7h34

*Atualizada às 13:48

Em parceria com a World Wide Fund for Nature (WWF), a proposta de 2021 do Cannes Lions para publicitários entre 18 e 30 anos era criar uma peça acerca da preservação ambiental para o futuro das gerações. Com um filme que simula o cenário do jogo Fortnite sem árvores, principal recurso de proteção dos jogadores, Gabriel Moniz e Leandro Vasconcellos – diretor de arte e redator da AlmapBBDO, respectivamente – receberam o prêmio ouro no Young Lions Live Award. As demais classificações foram recebidas por membros da alemã GREY Hamburg e da tailandesa CJ WORX.

Gabriel Moniz e Leandro Vasconcellos, vencedores do Young Lions Live Award (Crédito: Divulgação)

“treeless world” foi fruto de uma ideia que Leandro Vasconcellos teve a partir de uma pesquisa em que descobriu que anualmente, são desmatadas anualmente 15 bilhões de árvores. A associação feita com o Fortnite foi bem aceita por Gabriel Moniz, uma vez que a comunidade gamer sempre reage às pautas que a envolva. O filme faz alusão do fim da vida sem a natureza com o fim de um jogo, o famoso “Game Over”.

Vasconcellos se diz feliz com a possibilidade de falar sobre o assunto através da publicidade. “A gente tem visto como o tema vem sendo discutido e quanto o Brasil tem sido protagonista e está no meio dessa discussão tão controvérsia e tão complicada”, diz. Já Moniz, acredita que o jogo é um facilitador da comunicação do tema com gerações mais novas. “Essa pauta [da conservação ambiental] acaba ficando muito forte e a gente acaba falando com as próximas gerações, porque o Fortnite é um jogo mais infantil. […] Então, com essa ideia, acho que conseguimos alcançar vários públicos”, explica. Ele conta ainda que a classificação da melhor peça publicitária entre os 350 vídeos recebidos foi feita de maneira remota por um time de 20 jurados de agências de todo o mundo. Um dos membros é Laura Florence, diretora executiva de criação da Havas Health & You no Brasil. Segundo ela, os votos foram individuais e o vencedor foi eleito sem discussão prévia entre o júri. Além disso, a publicitária afirma que uma das consequências da distância entre os jurados foi o fato de questões culturais não serem colocadas em pauta na avaliação dos trabalhos e de eventuais particularidades.

Apesar disso, Florence afirma que este é um momento em que se deve valorizar aqueles que conseguem fazer grandes coisas com poucos recursos – e que esse foi o caso da dupla da AlmapBBDO. Ela acrescenta também que o nível da competição estava alto e que a execução da produção de Gabriel Moniz e Leandro Vasconcellos – escolhido entre 14 finalistas do mundo inteiro – é uma experiência valiosa para a carreira no mercado publicitário.

Peça foi batizada de “treeless world” (Crédito: Divulgação)

“Temos orgulho de trabalhar em propaganda, sabendo que a propaganda brasileira, nossa criatividade e nossos trabalhos são tão bem vistos mundialmente”, declara Leandro Vasconcellos. “Representar o nosso mercado é uma responsabilidade”, completa.

Além dos vencedores da AlmapBBDO, a shortlist de sete duplas finalistas contou com Guilherme Still e Leonardo Müller, estudantes da ESPM Porto Alegre. A campanha criada por eles, intitulada de “No Future Sounds”, apresentava músicas em extinção baseadas em sons de animais. O filme mostra uma canção sendo deletada de uma playlist em uma plataforma de streaming a cada semana.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • gabriel moniz

  • laura florence

  • leandro vasconcellos

  • AlmapBBDO

  • Cannes Lions

  • cannes lions 2021

  • eventos

  • publicidade

  • vencedores do young lions

  • young lions live awards

Patrocínio