Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

17 A 21 DE JUNHO DE 2019 | CANNES - FRANÇA

Análise de Glass: o Leão da mudança

Gal Barradas avalia a categoria que busca ideias de impacto na sociedade:


21 de junho de 2019 - 15h16

Gal Barradas é CEO da Gal Barradas Brand&Venture

Gal Barradas: “Para o Glass, o que é compensador é ver a criatividade a serviço da sociedade” (Crédito: divulgação)

O Glass Lions está na sua 5a edição. Muitos acreditam que ele é o “Leão da Diversidade”. Não, gente, é muito mais que isso. Ele é o Leão da Mudança! Está lá na sua tag line.

Não é simples ganhar um Leão, qualquer que seja. O papel da publicidade sempre foi chamar a atenção para um problema e apresentar uma solução. Mas, sem dúvida, o Glass tem algo de muito mais especial. Se antes um filme ou um videocase bonito tinha o poder de acelerar uma ideia, agora e cada vez mais, é preciso ir a fundo em questões cujas presenças visíveis na sociedade buscam se converter em soluções de  impacto perenes ou, no mínimo, notórias.

Uma declaração recente da Presidente do Júri este ano, Jamie Robinson, no site do Contagious mostra exatamente isso: “é um trabalho que deve levar as conversas além. Deve ser capaz de mudar olhares”. Este ano, foram 23 finalistas e apenas 8 vencedores. Dentre eles, um do Brasil, do qual muito me orgulho e falarei logo a seguir.

Começo com aqueles ligados às manifestações de gêneros, como os cases The Genderless Voice da Dinamarca, de uma simplicidade desconcertante. Uma voz que lhe agrada tem que ser necessariamente a emulação de “homem” ou de “mulher”? O próximo passo agora é mudar os nomes das assistentes virtuais e dos bots. Já notaram que têm sempre nome de mulher? Por que mesmo?

Outro case vencedor é o First Shave da Gillette do Canada em que um pai ensina um filho trans a fazer a barba pela primeira vez. Muito sensível e muito simples também.

Muito divertido e lindo esteticamente o Viva La Vulva para Essity de Londres, marca que tem trazido ao Glass sempre pensamentos novos e desafiadoras. Merece nosso aplauso pela consistência, assim como o Project Show Us para Dove. Sem dúvida,  Unilever e Dove estão entre as primeiras marcas do mundo a adotar uma comunicação que promove o fim dos preconceitos. Palmas para elas!

A ação Just Do It: Caster Semenya para Nike traz uma linda narrativa sobre como vale a pena acreditar nos sonhos desde sempre. O filme é tão envolvente que as palavras da personagem nos levam a refletir sobre nossas próprias escolhas. Alguém precisa acreditar em nós, mas nós, mais que ninguém, precisamos acreditar em nós mesmos. Simples e animador 🙂

The Last Ever Issue levou o Grand Prix deste ano. O jornal polonês Gazeta junto com Mastercard e o BNP Paribas relançaram uma marca de revista pornográfica, porém as agora as mulheres estão em aparecem em posição de destaque em carreiras e temas que desbancam a objetificação da mulher, tema ainda muito discutido em todos os cantos do mundo. Congrats!

Por fim, quero destacar o Glass Lions do Brasil, para a campanha da Lei do Minuto Seguinte, desenvolvida para a o Ministério Público Federal de São Paulo e Abap, criada pela VMLY&R Brasil. São vários os motivos da minha alegria: é um case brasileiro; é real;  impacta a vida de milhões de pessoas; e também porque participei desta campanha como então Vice-Presidente da Abap. Vcs não imaginam a nossa alegria! \o/ \o/ Como o M&M me confiou o comentário neste espaço, me permito contar um pouco mais sobre esta ação que moveu entidades, agência, produtoras, veículos, fotógrafas e profissionais independents.

Quando o Ministério Público procurou a Abap para ajudar a divulgar esta Lei, porque ela não estava sendo cumprida (esta é a função do MP: fazer cumprir as Leis), descobrimos coisas terríveis. A primeira delas: as mulheres são grandes vítimas, mas não só elas; crianças e meninos também. Os números são aterradores: 1 estupro por minuto no nosso país. A maioria das vítimas são atacadas em ambiente familiar: em casa, por parentes, vizinhos, na escola… uma tragédia esta dominância…

Ao batizarmos com o nome “Lei do Minuto Seguinte”, queríamos criar uma marca fácil de memorizar pelo benefício: ir imediatamente aos hospitais conveniados do SUS é a garantia de atendimento de saúde rápido e eficaz contra doenças e gravidez indesejada.

Descobrimos também que desde 2013 quando a Lei passou a existir, havia movimentos de Deputados Federais para evitar que a Lei fosse sancionada e depois para revogá-la. Ou seja, um assunto institucionalmente muito grave em várias áreas: de saúde pública, política, segurança pública, ideologia religiosa e muito mais.

Isto tudo é para dizer que grandes cases dão muito trabalho, enfrentam diferentes correntes, unem inúmeras disciplinas e pessoas. Felizmente, com a parceira firme, a criação e a execução da VMLY&R, conseguimos mover uma rede que se somou à causa desde o primeiro minuto. No fim, estamos aqui comemorando não só este lindo Prêmio, mas o impacto que isso trouxe para o Brasil, mexendo com a teia das entidades de saúde de todo o país.

Para o Glass, o que é compensador é ver a criatividade a serviço da sociedade. Celebremos que o Festival também acredita nisso!

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • agências

  • anunciantes

  • Brasil

  • Campanhas

  • Cannes

  • Cannes Lions

  • frança

  • Ideias

  • Júri

  • Leão

  • Marcas

  • palestras

  • peças

  • premiação

  • prêmios

  • propaganda

  • publicidade

  • riviera francesa

  • Shortlist

  • trabalhos

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Mobile Partner