Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

18 A 22 DE JUNHO DE 2018 | CANNES - FRANÇA

Presença de jurados brasileiros é recorde em 2018

Ao todo, 27 profissionais do País participarão da avaliação dos trabalhos na 65ª edição do Festival

Bárbara Sacchitiello
8 de junho de 2018 - 16h42

Luiz Sanches, sócio e CCO da AlmapBBDO vai presidir o júri de Film (Crédito: Arthur Nobre)

As mudanças promovidas pela organização do Cannes Lions para tornar valorizar a essência criativa do Festival resultaram em um aumento na quantidade total dos jurados que terão a missão de avaliar os trabalhos inscritos na premiação.

Neste ano, 413 jurados, de 50 países diferentes, foram convidados a compor o júri do Cannes Lions. No ano passado, a organização convidou 390 profissionais. Nem todas essas pessoas, no entanto, julgarão presencialmente os trabalhos na Riveira Francesa. Categorias com grande volume de peças inscritas (como Direct, Print & Publishing, por exemplo), tiveram uma fase de pré-avaliação, na qual jurados avaliaram os cases de maneira online.

Em um esforço contínuo para ampliar a presença feminina no júri do Festival, Cannes terá, neste ano, o percentual máximo de presença feminina de sua história: 46% do total do júri são mulheres (no ano passado, a presença feminina foi de 43,5%). A equidade, no entanto, ainda não foi atingida em relação às presidências de júri: das 26 categorias do Festival, 17 serão presididas por homens. Nove mulheres foram escolhidas pra presidirem júris.

Recorde de brasileiros
Essa 65ª edição do Cannes Lions já é aquela com a maior números de jurados brasileiros da história. Vinte e um profissionais foram escolhidos para representar o Brasil nos júris das categorias e outros seis profissionais brasileiros, que atuam em outros países, também irão ao Cannes Lions para avaliar os trabalhos representando o país em que atuam.

Neste ano, Cannes terá dois brasileiros como presidentes de júri: Luiz Sanches, CCO e sócio da AlmapBBDO, que foi anunciado nesta segunda-feira, 21, como condutor dos trabalhos de Film, enquanto Fernando Machado, CMO do Burger King, será o presidente da categoria Creative Effectiveness.

Veja a lista dos brasileiros que participação do júri do Cannes Lions esse ano:

Luiz Sanches – AlmapBBDO – (presidente de júri) Film
Eco Moliterno – Accenture Interactive – Innovation
Paula Lindenberg – Ambev – Creative Effectiveness
Cesar Toledo – Tribal Worldwide – Media
Paulo Coelho – DM9DDB – Direct
Andrea Siqueira – Isobar Brasil – Creative eCommerce
Fabio Simões – FCB Brasil – Mobile
Álvaro Rodrigues – Fullpack – Radio & Audio
Rodolfo Sampaio – Moma Propaganda – Print & Publishing
Kito Siqueira – Satélite Áudio – Music
Fernando Guntovich – The Group – Brand Experience
Alberto Lopes – Vetor Zero – Film Craft
Giovanni Vannucchi – Oz Estratégia + Design – Design
Mariana Borga – J. Walter Thompson – Outdoor
Bruno Abner – McCann Health – Health & Wellness
Saulo Rodrigues – RG/A – Digital Craft
Laura Esteves – Y&R – Film
Patrícia Bartuira – FleishmanHillard Brasil – PR
Alessandra Sadock – Artplan – Industry Craft
Mônica Salgado – Jornalista – Social & Influencer
Rafael Lazarini – Live Nation Entertainment – Entertainment

E confira, também, os brasileiros que participarão do júri, representando outros mercados:

Fernando Machado – Burger King – (presidente de júri) Creative Effectiveness
PJ Pereira – Pereira & O’Dell – Titanium
Renata Florio – Ogilvy Health & Wellness – Pharma
Rafael Rizuto – TBD – Glass
Miguel Bemfica – MRM/McCann – Entertainment
Juliana Paracencio – Memac Ogilvy – Brand Experience

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Brasil

  • Jurados

  • Recorde

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio