Meio&Mensagem
Publicidade

Cannes Lions

17 A 24 DE JUNHO DE 2017 | CANNES - FRANÇA

Criativos apresentam movimento contra barreiras raciais

Saturday Morning foi lançado em prol da igualdade na indústria da comunicação

Bárbara Sacchitiello
18 de junho de 2017 - 15h38

Criativos apresentam movimento e instigam a aderência de toda a indústria (Crédito: Eduardo Lopes)

No ano passado, quando os norte-americanos debatiam a violência policial contra a população negra, alguns profissionais de comunicação trocaram mensagens em seus celulares argumentando que não poderiam ficar indiferentes àqueles acontecimentos. Praticamente um ano depois, a inquietação desses profissionais – todos negros e ocupantes de altas posições na indústria de comunicação – transformou-se em no movimento Saturday Morning, que foi apresentado em um painel do Cannes Lions neste domingo, 18.

Liderada por Jayanta Jenkins, diretor criativo global do Twitter, o seminário mostrou que, não importa a classe social ou o país em que residam: os negros ainda enfrentam barreiras muito árduas no mercado de trabalho e na sociedade. “Embora vivamos nos Estados Unidos e pensamos em nossa realidade, esse problema acontece em qualquer parte do mundo. Sempre que converso com amigos descubro que enfrentamos as mesmas situações de preconceito, de diferentes formas”, disse Jenkis, que dividiu o palco com Geoff Edwards, co-head de criação da CAA Marketing – divisão da Creative Artists Agency e com Keith Cartwright, diretor executivo de criação da agência independente BSSP.

O Saturday Morning é uma plataforma que pretende agregar profissionais de todas as raças e de várias partes do mundo para pensar em projetos e ideias que diminuam as desigualdades enfrentadas pela população negra e coloque a indústria publicitária a favor da diversidade e da maior conscientização. O nome do movimento foi inspirado na data em que os profissionais começaram a conversar sobre o assunto (uma sexta-feira) com a ideia de fazer um amanhã diferente.Todas as ações relativas ao projeto serão divulgadas com a hashtag #MakeDifferenceHappen.

Para atingir esse feito, os três criativos ressaltaram a importância de causar incômodo nas pessoas. “Essa conversa, sobre este assunto aqui em Cannes é muito desconfortável e é exatamente assim que ela precisa ser. Precisamos incomodar as pessoas e provocar desconforto que as levem a agir e a pensar no quanto a sociedade precisa mudar. Assim como nós nos incomodamos com nossa condição e decidimos criar o Saturday Morning, queremos que outras pessoas também sintam o mesmo desconforto”, disse Cartwright.

Confiante na força do movimento, o diretor global de criação do Twitter não escondeu a emoção diante da plateia. “Essa conversa aqui, com todos vocês, é o momento mais importante da minha carreira”, declarou.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • diversidade

  • igualdade

  • negros

  • Saturday Morning

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio